quarta-feira, 17 de novembro de 2010

O BANCO PODE DEBITAR MEU SALÁRIO SEM AUTORIZAÇÃO?



O banco não pode usar o crédito do salário em conta corrente para quitar dívidas sem autorização formal do cliente.

Vejam o que aconteceu com correntista que brigou por seus direitos:

x.x.x.x.x.x.x


A 1ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça majorou de R$ 3 mil para R$ 35 mil indenização por danos morais, a ser paga pelo Banco do Estado de Santa Catarina S/A - BESC à correntista Rosa de Fátima Resnel Patrício, de cujo salário se apropriou.'

Em 2000, quando o salário de Rosa referente ao mês de maio foi creditado em sua conta-corrente, o banco efetuou o bloqueio dos valores, a fim de cobrir taxas de manutenção da conta. A conduta ficou evidenciada nos extratos emitidos pelo banco.

O relator do processo, desembargador Carlos Prudêncio, frisou que em nenhum momento o banco negou a efetivação dos descontos indevidos, apenas insistiu na tese de inexistência de dano.

“Não pode o banco se valer da apropriação de salário do cliente depositado em sua conta-corrente, como forma de compensar-se da dívida deste em face de contrato de empréstimo inadimplido, eis que a remuneração, por ter caráter alimentar, é imune a constrições dessa espécie”, explicou.

O magistrado acrescentou, ainda, que o valor da indenização foi majorado para servir como medida compensatória e, ao mesmo tempo, inibitória de novas atitudes que denotem total descaso e desrespeito aos consumidores. A decisão foi unânime, e reformou a sentença da Comarca da Capital. (Apelação Cível n. 2007.040443-6).

FONTE: GBOLSO

72 comentários:

Marcia Oliveira disse...

A data do meu cheque especial é 30/11, ocorre que por problemas de saúde na família meu nome foi negativa e aparece um aviso que o cheque especial será renovado se não houver restrinção cadastral. Minha dúvida é: o banco pode debitarno meu salário o valor que devo no cheque especial sem a minha autorização ? Estou preocupada deles pegarem todo o meu dinheiro.

Aldineide Rios disse...

Marcia, na realidade eles NÃO vâo debitar nada, vão apenas cancelar um limite e como seu saldo é devedor qualquer dinheiro que entrar servirá para cobrir o saldo devedor.

Procure o banco e peça parcelamento do saldo devedor tendo em vista que o limite não será renovado.

Não é um empréstimo novo, é apenas parcelamento do saldo devedor.

Anônimo disse...

Tenho uma conta salário no banco do brasil.. devido ao termo de transferência de salario que é lei o banco do brasil transfere meus proventos automaticamente pra minha conta no itau sem custo algum... Meu décimo terceiro foi depositado 2x no banco do brasil e automaticamente transferido 2x no itau... Não foi erro da empresa e sim do banco...
Eu queria saber se qndo meu salário for depositado no banco do brasil eles podem descontar esse erro sem a minha autorização???, como disse minha conta no banco do brasil é uma conta salário... não tem cheque, não tenho cartão de credito não tenho limite nenhum!!! esse valor errado pode ficar negativo e eles descontarem do meu proximo salário??? depositaram duas vezes o meu salário do mês

Aldineide Rios disse...

Olá bom dia!
Nesse caso não trata-se de debitar sem sua autorização, trata-se de correção de erro.
Se fosse o contrário eles tivesse realizado um débito duas vezes você teria procurado o banco imediatamente para corrigir a falha... deveria ter feito o mesmo com o crédito em duplicidade, informado ao banco e devolvido o dinheiro ao invés de esperar eles debitarem.

Breno Augusto disse...

ola, ha cinco anos atras eu abri uma conta no itau, e com o passar do tempo devido a algumas nescecidades usei todo o cheque especial e tambem contratei um emprestimo. nao consegui pagar os valores e as dividas existem ate hoje. no meio desse ano consegui um emprego e para receber meu salario teria que ter uma conta no itau, a conta que eu possuo ha cinco anos nao poderia ser pois estava negativa, entao como o unibanco estava no processo de fusao com o itau, eu tive a ideia de ir ao unibanco abrir uma conta e esperar a minha conta do unibanco virar uma conta do itau em outra agencia que nao tem nada a ver com a agencia que tenho uma conta negativa. tudo deu certo, minha conta recebia meu salario normalmente desde agosto até novembro, mas quando foi esse mes agora de dezembro, ontem quando fui pegar meu salario na minha conta eu nao tinha saldo, entao tirei o extrato e vi que meu salario havia sido depositado- e ainda vem escrito ao lado do valor que é pagamento de salario- mas debitaram dois valores em cima do salario e nao tinha mais nada pra mim, nao sobrou nada, sendo que essa conta nova ta limpinha, eu nao devo nada nela. ai liguei pro atendimento e me mandaram ligar pro bank fone e me mandaram ir na agencia mais proxima e mandaram ir na agencia onde eu tenho a conta(nova) e la descobri que o tal desconto era da conta antiga da outra agencia, a gerente falou que o banco pelo meu cpf detectou essa divida e repassou para a conta nova, mas eu nao fui informado e nao autorizei que esse debito fosse repassado para a conta nova. o banco pegou o meu salario todinho e nao deixou nada pra eu sobreviver, tenho um filho de um ano e dois meses, moro de aluguel, preciso me alimentar, me vestir alimentar e vestir o meu filho e tenho outras prioridades antes de quitar minha divida com esse banco sem contar que logo agora no fim do ano o banco me faz isso, gostaria de saber se isso é correto, se o banco pode usar um valor descriminado como pagamento de salario para pagar uma divida de outra conta de outra agencia sem me informar e sem minha autorizaçao e me deixar sem um tostao para as minhas nescecidades basicas, o que eu faço? como devo proceder? isso é caso de justiça? me ajuda por favor!!

Aldineide Rios disse...

Breno, o que o banco fez foi totalmente errado. ele não pode fazer isso e não faz de forma automática foi em acordo com os dois gerentes das agências para resolver o problema DELES do débito.

1) Procure o gerente geral da sua agência (nova) e fale de forma educada, pausada e bem firme, dizendo que sabe o que foi feito foi ilegal e quer seu dinheiro estornado. Ele vai dizer que não pode pois foi isso que ele disse, diga-lhe: TUDO BEM, VOU PROCURAR O BANCO CENTRAL E CONFIRMAR, MAS SE VOCÊS ESTIVEREM ERRADOS QUERO O DINHEIRO DE VOLTA E QUERO INDENIZAÇÃO POR ISSO. Com bem calma que ele vai ficar assustado, provalvelmente ele não vai ter o que fazer pois depois que o empréstimo é quitado não tem como estornar.

2) ligue para o SAC do banco logo que sair da agência e ligue também para o banco central, JÁ

OUVIDORIA DO ITAU: 0800 570 0011
BANCO CENTRAL: 0800 979 2345

Breno Augusto disse...

nesse caso como o banco central podera me ajudar? alem do banco central eu posso entrar com uma açao contra o banco no juizado de pequenas causas?
muito obrigado Aldineide!!!

Aldineide Rios disse...

Breno, o Banco central ajuda acionando o banco para resolver o problema visto que foi realizado totalmente contra as normas do banco central.
Quando o problema chega ao banco central os bancos resolvem numa velocidade impressionante.
Diga ao gerente que vai registrar queixa no banco central e provavelmente ele vai resolver antes para evitar que você faça a queixa pois para o banco é muito rui.
Quanto a ação não sei te informar com precisão mas acredito que sim visto que causou muito problema para você. Mas não tenho certeza

Marcos Monzani - vulgo Chôa disse...

Olá, possuo um débito com o Banco Santander, referente a um acordo que não consegui quitar totalmente, restando 2 parcelas de 200,00 reais aproximadamente, que não pude pagar por estar desempregado. Após, cerca de um ano, consegui um novo emprego e a abri uma nova conta corrente no Santander (em outra agência). Para minha surpresa, a partir do segundo mês de trabalho, começaram a descontar "Recuperação de Crédito" de minha conta, sem nenhum tipo de notificação. Chegando ao cúmulo neste mês de descontarem 2 vezes, a 1ª em torno de 250,00 reais e a 2ª em torno de 125,00 reais em apenas 06 dias, sendo que não recebi nem 900,00 reais, ou seja, debitaram mais de 30% do meu salário...
Eles podem agir desta maneira?
A gerente me disse que eu tinha que ligar pro Superlinha que, por sua vez, me transferiu pra área de cobrança que me orientou a procurar a gerente de novo.
Como proceder?

Diego Chiodini disse...

Olá, ano passado fiz seguro do meu carro com pelo itauseguros, e usei o debito automatico... Esse ano o seguro venceu e eu nao fiz renovação alguma e o banco nao me avisou de nada, mesmo assim debitou a parcela do seguro na minha conta... o banco pode fazer isso sem minha autorização?

Aldineide Rios disse...

Diego, bom dia.

Há modalidades de seguros que tem renovação automática, mas é comum as seguradora avisarem e o itaú manda muitas correspondências o que ocorre é que são todas muito parecidas e algumas vezes nem abrimos pensando que é mais uma propaganda ou aviso sem importância e nem abrimos, pode ter acontecido isso mas pode acreditar que foi melhor para você pois nesse período poderia ter ocorrido algum sinistro e ter perdido o carro.
Seguro é muito importante pois pode evitar perda de um patrimônio que foi muito difícil conquistar.
A renovação automática sai bem mais barato.

Aldineide Rios disse...

Chôa,

O Banco não pode realizar o débito nessa nova conta sem sua autorização.
Formalize sua reclamação com o gerente e com o SAC do banco.
informe que quer resolver a situação mas não dessa maneira e que caso continue a debitar vai procurar o banco central.
Para o banco uma queixa no Banco central é muito ruim.
se o banco não resolver faça uma queixa no banco central que eles resolvem bem rápido.

Anônimo disse...

Bom dia!
Tenho eu tenho uma divida com a caixa economica federal, devido a um emprestimo feito para fazer melhorias na meu jornal. Eu e meu marido achavamos que as coisas iam melhorar, só que algumas coisas deram erradas e tivemos dificuldades para quitar a divida. Fomos ao banco para tentar um parcelamento, mas tudo muito caro. Propostas carissimas. Sou funcionaria publica e tenho minha cona salario, o banco agora bloqueou o meu acesso a conta até bela internet e não posso retirar o meu pagamento.
Eles podem fazer isso? Como devo agir

Aldineide Rios disse...

O banco pode bloquear seu cartão mas tem que lhe dar opção de saque, que acredito seja por saque avulso.
No dia que entrar seu salário vá a um caixa informe o número da conta (não precisa mostrar seu cartão de conta) e diga que quer fazer um saque avulso.

para acompanhar você entra no site da CAIXA e cadastre uma NOVA senha para consulta e você terá acesso normal para fazer suas consultas.

Se sua conta for normal e recebe salário nela você pode solicitar talão de cheques e o banco é obrigado a lhe entregar, mesmo com restritivo, a única excessão é se você tiver restritivo de cheque devolvido CCF.
Se for conta exclusivamente para salário a agência tem que fazer o desbloqueio do cartão, se eles não aceitarem registre uma ocorrência no Banco Central que eles liberam.

Roberta 13 disse...

Boa tarde!
Fiz alguns emprestimos no itau, totalizando pouco mais de R$ 8.000,00,porém não consegui saldá-los. Acontece que o itau me ligou dizendo que se eu não fizer o pagamento da dívida o sálario que eu receber será utilizado para o banco e o pior é que isso consta em contrato, fiz o empréstimo pelo bakline. Há alguma forma de resolver esta situação?Porque se isso realmente ocorrer, estou ferrada!!! Como vou comer, vestir se o banco se apropriar do meu salário? Fico no aguardo estou desesperada. Grata.

Aldineide Rios disse...

Roberta, Se você fez pelo bankline não há essa cláusula no contrato, pelo menos desconheço.

Refinancie o contrato atual, de modo que as parcelas caibam em seu orçamento, é muito importante que você reveja seu orçamento e faça cortes radicais para poder honrar o empréstimo.

Entendo sua situação, mas o banco não pode ficar sem receber porque você perdeu o controle de suas finanças.

O melhor caminho é procurar o gerente e renegociar a dívida, informe sua situação financeira, informe o que você está fazendo para resolver e peça orientação a ele.

Se for o caso peça a sua empresa para transferir seu salário para outro banco.

Você tem direito a empréstimo consignado? se sim faça e liquide esse débito.

Roberta 13 disse...

Agradeço a pronta resposta.
Pretendo pagar minhas dívidas, mas as parcelas que eles me oferecem não cabem no meu bolso. Há possibilidade de eu estipular um valor que posso pagar por mês?

Anônimo disse...

Olá, tenho empréstimo consignado e empréstimo pessoal em um banco com débito automático...só que não aguento mais trabalhar só para pagar banco. Na verdade a minha dívida foi quitada a muito tempo, o que pago são juros sobre juros, porque fico refinanciando, pois as mensalidades são longas e sempre aparecem imprevistos no dia a dia, por isso preciso ficar refinanciando. Já vendi um apartamento e dei todo dinheiro p/ o banco, o resto que sobrou para pagar já virou um montante novamente. Gostaria de parar de pagar o banco, mesmo que o nome fique sujo, pois tenho a consciência de que já paguei minha dívida real e que há anos venho dando muito lucro para o banco. Como faço para parar de pagar os emréstimos se um é consignado e o outro é debitado na conta. Todo salário que cair lá eles vão tirar, antes de eu sacar. Grata

Anônimo disse...

Tenho emprestimo consignado, quero parar de pagá-lo. Se eu pedir para a empresa depositar meu salário em outro banco eu tenho esse direito?

Aldineide Rios disse...

Claro que a empresa não vai concordar com isso, esse produto já é o mais barato do mercado e você ainda quer deixar de pagar???

Roberta 13 disse...

Aldineide, conforme havia dito antes minha divida é cerca de 8000,00.
O que eu posso propor ao banco?
Quanto que você acha que ficaria essa dívida em 48 vezes, uma vez que eles vão querer incluir juros de parcelamento?
Fiz uma conta rápida e divindo este valor, pagaria R$180,000 por mês. Será que isso é possivel? Poderia me explicar como funcionam os juros do banco e se eu posso propor isso à eles?

Obrigada.

Aldineide Rios disse...

Dificilmente o banco dividirá em 48 meses pois é muito tempo, o mais provável é que seja em 36 meses.

Quanto ao valor de naturalmente vai ter juros, mesmo que seja juros em torno de 3% ao mês que são juros baixo para o mercado o valor ficará muito elevado. Na parcela também incide IOF que é o imposto sobre operações de crédito que é repassado para o governo, não é do banco, e quanto maior o prazo maior o imposto.

Procure o banco e peça uma simulação para você ter idéia da parcela.

É muito importante que você refaça seu orçamento e lembre que para sanar dívidas vai ter que haver sacrifícios, cortes e alteração no seu padrão de gastos atuais, há não ser que você tenha renda extra para cobrir.

Roberta 13 disse...

Aldineide, obrigada pela resposta.

Mas não consigo entender como funciona. Pode me dar um exemplo? Com todos esses impostos, quanto ficaria o valor de parcela? Teria uma idéia?
Eu nem tenho mais gastos. A unica coisa que pago que não posso comprometer é carro e faculdade, juntos dão cerca de R$ 1300,00.
O que sobra pago o limite e ainda as minhas necessidades pessoais nem tenho mais.
Se o banco não me oferecer parcela aceitável, infelizmente terei que receber por cheque e vou deixar a divida rolar, após 5 anos o meu nome sai do spc e eles ficam sem receber, eu quero pagar mas se a parcela for alta, não vou passar fome.

Fico no aguardo.

Obrigada.

Fico no aguardo.

Amanda disse...

Ola
por favor
preciso de ajuda!
Fiz uma antecipação de 13° no banco do brasil, que foi debitada qdo o mesmo caiu, porém no extrato dizia que o debito era maior que meu 13°, e esta operação foi feita por telefone por uma funcionária do banco, que me ofereceu o serviço.
Eles debitaram todo o meu 13° e ainda ficou c saldo devedor.
Agora, passado 3 meses, fui sacar meu salário, minha unica fonte de renda, e o banco havia debitado 1,400, alegando ser o saldo devedor do referido emprestimo.
Estou desesperada. O que posso fazer??

Aldineide Rios disse...

Oi Amanda, no momento que você fez a antecipação do 13º o valor foi realizado a maior do que você teria direito em dezembro, pode ter sido por você ter antecipado metade do 13º junto com as férias, pode ter sido erro da atendente e nesse caso você foi beneficiada no ato de fazer o empréstimo pois recebe um valor maior do que teria direito e o banco está correto em debitar o valor , afinal você utilizou o dinheiro e agora deve pagar o emprestimo realizado.

para você não ficar sem recurso para passar o mês você pode solicitar um empréstimo parcelado, pois é melhor do que utilizar o cheque especial. Divida no menor numero de parcelas possível.

Anônimo disse...

Boa Tarde...o meu problema é que me inploguei com as compras e passei do limite e nao posso pagars as dividas que tive no comercio e com cartao...queria saber se os cartoes de creditos,e as lojas que possuem crediario atravez de financeiras podem descontar da minha pensao ou da minha aposentadoria?

Aldineide Rios disse...

Bem aposentado(a)...

A empolgação na hora das compras realmente é um veneno para o orçamento.

para debitar da pensão será apenas se o contrato que você fez contemplar isso, caso contrário não debitam.

Júnior disse...

Tinha uma conta corrente do Unibanco, cujo limite estava estourado. O Itaú adquiriu o Unibanco e minha conta migrou para o Itaú. Antes da migração tinha aberto uma nova conta corrente no Itaú em outra agência. Nesta nova conta corrente não tenho limite, mas recebo salário e faço minhas movimentações por ela. Agora o Itaú debitou na minha nova conta corrente, o limite devedor da antiga conta corrente do unibanco, utilizando-se de todo o meu saldo de salário. Isto é permitido? O banco pode debitar dívidas de uma conta em outra conta distinta, que inclusive são de agências diferentes?

Aldineide Rios disse...

Junior,
de forma alguma o banco pode debitar a dívida em sua conta de outra agência.
Procure seu banco e solicite estorno.
Se ele não concordar informe que vai procurar o banco central pois isso é totalmente ilegal.

Ronaldo disse...

Possuo uma conta salário no Banco Santander. Junto com a conta possuo um empréstimo, que não bateu no mês passado, pois não tinha saldo e um lins que já tinha sido totalmente usado por mim. Esse mês ao cair o meu salário, o Banco retirou todo o meu salário para cobrir o lins da conta corrente. Fiquei sem nada. Minhas contas estão todas atrasadas. Isso é legal?

Aldineide Rios disse...

Sim, é legal porque na realidade o lis não é débito, é saldo devedor e quando o saldo entrou apenas cobriu o saldo devedor.

Quanto a parcela do empréstimo o pagamento é através de débito em conta, já está no contrato, portanto se tiver saldo o banco pode debitar sim sem precisar de nova comunicação.

callisto disse...

Olá, tira uma dúvida. Já tenho uma conta corrente no Banco do Brasil, que encontra-se negativa. Como entrei num estágio, me disseram que vão abrir uma outra conta corrente pra eu receber a bolsa. Ao depositarem esse dinheiro na nova conta, corro o risco do banco debitar a dívida da conta antiga?

Aldineide Rios disse...

Olá Callisto, isso realmente pode acontecer, mas não é legal assim... você pode exigir do gerente que estorne o débito sob pena de você denunciar ao Banco Central.

Ninguém pode debitar em sua conta sem autorização, se for na mesma conta ai pode pois o contrato anterior deve ter essa condição.

edane disse...

bom dia, estou com um grande problema.tenho uma conta no santander
e um cartão de credito do visa que esta atrasado, sexta feira foi debitado o valor minimo do cartão em minha conta corrente. ate ai tudo bem
so que nesta quarta-feira o banco debitou todo o valor que eu devia do cartão alegando que eu não pagava a dois meses. eles podem fazer isso sem minha autorização e ainda mim deixar se dinheiro algum.isso é correto.
obrigada

Anônimo disse...

TENHO UMA CONTA NO BANCO DO BRASIL QUE POSSUI LIMITE TODO MES USO O LIMITE NESSE MES MEU SALARIO CAIU E O BANCO COBRIU O LIMITE E ME DEIXO SEM SALARIO ELE PODE FAZER ISSO?
E FIQUEI SEM DINHEIRO

Aldineide Rios disse...

Na realidade o que aconteceu foi o cancelamento do limite.

Os limites de cheque especial tem vencimento a cada 90 ou 120 dias, varia de banco para banco, e tem renovação automática se as condições de crédito do cliente permanecerem as mesmas, sem restritivos e com limite de utilização dentro dos padrões do banco.

Se não tiver nestas condições o banco simplesmente não renova. Foi o que aconteceu com você, ele não debitou, apenas não renovou o limite.

Aldineide Rios disse...

Ediane,

O banco não pode fazer isso de forma alguma, a não ser que o contrato de seu cartão seja para débito em conta.

Ligue imediatamente para a central do cartão e confirme se sua fatura está programada para ser debitada em conta se estiver peça alteração imediata, você tem direito a isso.

procure o gerente de seu banco e solicite esclarecimento para o ocorrido, peça para ele lhe mostrar o contrato e diga que vai solicitar estorno através do banco central pois você não autorizou o débito em conta, mas só depois que você confirmar seu contrato.

NINGUÉM PODE DEBITAR NADA EM SUA CONTA SEM SUA AUTORIZAÇÃO FORMAL.

sandra disse...

Olá , gostaria muito de uma informação de como devo proceder. Meu cartão master do banco do brasil vencia dia 20 eu paguei no dia 18 a parcela minima, mesmo assim no dia 20 (data do vencimento da fatura - ja paga]colocaram meu nome no serasa, e como se não bastasse só tiraram no dia quatro do mes seguinte depois de tanta procura no banco para solucionar o problema, pois no dia 31 (data do vencimento do meu especial) me tiraram o limite e me deixaram com um saldo devedor. Mais ainda, entraram na minha conta salário pra descontar este saldo devedor e eu fiquei sem um tostão, agora me ligam qurendo fazer uma proposta, não me dão nada e parcelam um saldo cheio de juros q de 3 foi pra 5 em 48 parcelas de 200,00, estou sem saber o q fazer, pois meus pais são idosos e neste mes nem pagaram a unimed q é um debito q eu autorizei a retirar do meu salario. Por favor me ajude dando sua opinião, grata - Marcia

Aldineide Rios disse...

Sandra, o que aconteceu, infelizmente foi falhas de sistemas:
1) não sei onde você realizou o pagamento do cartão mas acredito que não foi repassado para o banco e com isso você ficou como inadimplente, sem ter pago o cartão pois não paareceu para eles.

2) quando você provou que estava certa o banco corrigiu e acertou seu pagamento;

3) como as operações de crédito com um banco são todas ligadas... quando você "deixou de pagar o cartão" pelo menos na visão deles até corrigir, seu nível de crédito caiu e com isso comprometeu sua renovação de cheque especial, que por mais uma infelicidade sua estava no período de renovação. Se fosse em outro momento provavelamente não teria sido cancelado o limite.

Converse com o gerente, mostre que você não teve nenhuma culpa e parcele o limite, acredite você estará pagando muito menos do que você estava pagando com a utilização do limite.

Você não precisa parcelar em tanto tempo, veja quanto você pagava de juros por mês e aumente mais uns R$ 50,00 e parcele no número de parcelas suficiente para liquidar.
Não há necessidade de ser em 48 parcelas.
POR EXEMPLO: se você pagava R$ 300,00 de juros peça ao gerente para simular uma prestação de 350,00 e veja em quantas parcelas serão suficiente, (28 / 30 / 32) não precisa ser número redondo como 12 / 24 /36 / 48

vai ser bom pois você vai está pagando praticamente o mesmo que pagava por mês e ainda irá liquidar o saldo devedor, o que não estava acontecendo antes já que todo mês pagava os juros e ainda continuava devendo a mesma coisa.

João Paulo disse...

Bom tarde!
Eu tenho uma conta antiga no banco real e recentimente tive que abrir uma conta no santander devido ter ingressado em uma empresa. Com a junção dos bancos, o santander debitou da minha conta um valor alegando que era um percentual da divida antiga com o banco real, mas não fui notificado e não fiz nenhum acordo de renegociamento de divida. Ou seja eles não falaram se trata de um debito referente a juros ou se ja dividiram a divida e esse valor é referente a o primeiro mês. Simplistmente debiram e informaram tambem que minha conta no santander e corrente vinculada a cinta salário, nunca soube disso. Gostaria de melhores informações de como proceder. Desde já agradeço.

Shirley disse...

boa noite
tenho um débito no banco Santander, que não quitei ainda por dificuldade financeira, e me encontro desempregado, tive que depositar um valor na conta para cobrir um cheque referente a outro debito e o banco bloqueou esse dinheiro para cobrir o débito vencido, é legal essa cobrança?o que posso recorrer?

Laerte disse...

boa noite

tenho uma conta no extinto banco real e outra no santander,essa havia um débito pendente, fiz um deposito para cobrir um cheque e o com a migração o santander, retirou o dinheiro da minha conta para cobrir o débito, pergunto é legal o banco fazer isso?

jonyy foda disse...

Tenho uma conta universitária no Santander na qual tenho um debito a cerca de um mes consegui um emprego onde abri uma nova conta corrente no Santander e foi creditado um valor referente a meu salário e foi debito parte deste valor como recuperação de credito atrasado . O banco ira me ressarcir deste valor pois nao autorizei que fosse debito nada em minha conta.

Aldineide Rios disse...

Parabéns é isso mesmo, o banco não pode debitar em outra conta sem sua autorização.

Sua atitude foi corretíssima, peça estorno e faça uma composição para pagar mensalmente, afinal tem que ser pago, porém de forma coerente.

Fernanda Paranhos disse...

Oi, Aldineide!
Tenho um débito de cartão de crédito do Banco do Brasil, em torno de 1.600 reais, que ainda não pude quitar. Ontem,16/03, fui verificar o saldo da minha conta corrente, na qual recebo meu salário pela prefeitura municipal, e havia 1.070 reais. Já hoje, 17/03, pela manhã, só havia 529 reais. O resto do valor total foi usado para "pagamento do cartão de crédito", SEM A MINHA AUTORIZAÇÃO!
Liguei p a central do BB, E DISSERAM Q O VALOR NÃO SERIA ESTORNADO. O q devo fazer, pois estou muito prejudicada financeiramente, e tenho 2 filhos q ainda são bebês?
Por favor, ajude-me, pois sei q vc é uma pessoa muito esclarecida.

Aldineide Rios disse...

DÉBITO REAL E SANTANDER:

Vou responder de forma conjunta pois vejo que as dúvidas são semelhantes.

Com a migração do banco real pra santander foi frequente haver débito nas contas do real para quitar débitos de santander, ou vice versa.

Essa transação não pode ser realizada, só pode haver débito na conta que foi feito o empréstimo pois a autorização está especificamente para débito nessa conta.
se o banco para recuperar a dívida debitou em outra conta foi ilegal, passível de punição pelo banco central.
CLIENTES: procurem seu gerente de conta e peçam imediato estorno e tenham total certeza que eles agiram de forma ilegal, se não forem atendidos, como o caso do comentário acima de um leitor, façam denuncia no banco central, pode ser através de telefone, todos os bancos são obrigados a publicarem o número do telefone em local de fácil acesso ou através do site do banco central.

Quando a depositar valor para cobrir cheque e ser debitado a prestação vencida, eles podem sim, se a dívida for da mesma conta, pois quando se faz um depósito não fica especificado o destino, é uma única conta para débitos e para cheques. A prioridade é da dívida pois já está vencida.

Aldineide Rios disse...

Fernanda,

Ligue para a central do cartão e verifique se o cartão está programado para débito em conta, muitas vezes o gerente na hora de vender colocam essa opção e não avisam aos clientes e quando ocorre do mesmo deixar de pagar o débito é realizado já que está autorizado...

Solicite a cópia do contrato onde diz que será débito em conta. INSISTA, PRESSIONE NÃO DEIXE PARA LÁ.
Pela imediatamente a central do cartão para tirar a opção de débito em conta.

Se não eles não tem opção de débito em conta não podem realizar o débito.

O banco está fazendo isso porque a solução é demorada e os clientes desistem no meio do caminho, está sendo cômodo para o banco. FAZEM 1000 DÉBITOS 100 RECLAMAM... ENTÃO ELES GANHARAM 900

Anelise spike disse...

Olá preciso de ajuda, à mais ou menos 3 anos o seguro dpvat me ligou informando q eu tinha um dinheiro para receber e precisava dar entrada a um processo e me disse tambem q esse valor não sairia menos de 10 mil, hoje depois de finalizado o processo eles me informaram q recebiria 7 milm mas caiu na minha conta 14 m e eu acrditei ser corrigido o valor com os juros e paguei todas minhas dividas depois de uma semana a secretária m liga avisando q o pagamto foi feito em duplicidade e q preciso devolver o dinheiro e certo eles me informarem um valor errado e eu ser prejudicada depois de tudo isso??? por favor aguardo uma resposta agradecida!

Anelise spike disse...

Olá preciso de ajuda, à mais ou menos 3 anos o seguro dpvat me ligou informando q eu tinha um dinheiro para receber e precisava dar entrada a um processo e me disse tambem q esse valor não sairia menos de 10 mil, hoje depois de finalizado o processo eles me informaram q recebiria 7 milm mas caiu na minha conta 14 m e eu acrditei ser corrigido o valor com os juros e paguei todas minhas dividas depois de uma semana a secretária m liga avisando q o pagamto foi feito em duplicidade e q preciso devolver o dinheiro e certo eles me informarem um valor errado e eu ser prejudicada depois de tudo isso??? por favor aguardo uma resposta agradecida!

Aldineide Rios disse...

Erros acontecem, principalmente quando há serem humanos envolvidos. Lembra da frase: "ERRAR É HUMANO" pois é é possível sim.

Erros podem ser corrigidos, para você foi bom e vantajoso, mas tem que devolver, não necessariamente de uma única vez se você não tem mais o dinheiro todo.

Devolva o que restou - sem choro, o dinheiro não é seu.

o restante faça um parcelamento, você vai pagar como se fosse as dívidas anteriores que você tinha, com a vantagem de não ter juros de inadimplência. Encare como um empréstimo para quitar suas dívidas.

$UCE$$O!

Anônimo disse...

Olá Aldineide, minha duvida é a seguinte: no ano de 2005 abri uma conta universitária no Banco REAL, acabei q fiquei sem utiliza-la, no ano de 2009, meu esposo abriu uma conta no Santander, e em outubro de 2010 me colocou como Co-titular, sendo ele o responsável pela conta, no dia 18/03/11, debitaram o valor de 154,06 referente ao cartão de crédito do banco REAL em meu nome com a fatura em atraso a 1438 dias, ou seja, apenas anuidades com juros. Obviamente fui la brigar na agência, pois eles debitaram uma divida minha na conta do meu esposo, exigi o estorno, e disse q se não estornassem, faria um B.O e entraria com uma indenização por aproriação indébita, disse q não me negava a pagar uma divida minha, mas não ia pagar do jeito q eles queriam, entre mortos e feridos, estornaram o valor, e minha divida saiu por 31,00 para quitar a vista, retiramos o dinheiro e deixamos esse valor. Hj, domingo dia 27/03 constavam dois estornos com a data de 28/03 (o q me fez ter duvidas)o primeiro é ESTORNO COMISSAO CHEQUE ESPECIAL no valor de 9,00 (nós não temos cheque especial) e o segundo é ESTORNO REPASSE DE ENCARGOS no valor de 168,00!!! estou perdida, nem sei de onde é esse dinheiro, tenho medo de usar, e me cobrarem depois, msm pq consta q foi estornado dia 28/03 e eu consultei dia 27/03!

Aldineide Rios disse...

Bem seja coerente, se você reclamou o débito indevido reclame também do crédito indevido e se você não sabe qual a origem não utilize, pois não é seu.

Questione o gerente e diga que da mesma forma que questionou o débito indevido questiona o crédito indevido, isso mostra seu caráter.

marcos disse...

Marcos,

Eu sou professor, minha vida virou um inferno... Tive que abri uma conta corrente no santander em 2008,onde recebia por lá.Passei num concurso publico que era meu grande sonho, ser efetivo, fui no banco em 2010 da cidade que eu iria trabalhar o cara gerente me disse assim, na hora que seu salario cair na conta o banco vai pegar! Sai chorando do banco, pois eu sonho foi para agua baixo, estudei varios anos e depois tudo acabou... Eu com essa noticia acabei com minha vida,começei a comer,beber ate usar coisas que nao deveria! queria morte pois nao poderia trabalhar sem poder sustentar a mim mesmo! agora tenho que fezer a reduçao de estomago pois minha saude acabou, tenho 25 anos choro toda noite de vergonha! Minha mae sempre quis ver eu ser professor!! Bom em 2008, um cara embriagado bateu no meu carro, detonou no meu carro fiz o emprestimo e usei o cartao de credito pois o motorista errado falou que iria me pagar!Mas levei calote e nao consegui assumir meus compromissos com o banco! que vergonha!! Minha conta lá foi encerrada. Agora passei em outro concurso, minha familia esta passando por dificuldades, a prfeitura pagapelo mesmmo banco que eu tenho essa divida! será que eles vao tomar meu salario por realizar meu sonho?
Too sofrendo muito,quero a morte! Processei o cara que bateu nomeu carrro mas a justiça é lenta o que eu ganhar nao dá para pagar o banco!!
peguei um emprestimo de 1200+um de 1000 e usei 1100 reais do cartao que opaguei alguns minimos mas como se fossenada! a divida chega en torno de 28 mil!! se assumir meu cargo ganhei 1100 reias tendo que pagar aluguel e sustentar minhamae!! o que faço pelo amor de deus!! me ajuda!! preciso de atençao!! Me perdoa!!! fico vergonhanado! tenho celular qualquer coisa pode me ligar! 019-94189209

carla disse...

Bom dia!
Fiz um financiamento de um auto 0 km pelo Itau Leasing e também um seguro da sul america, pois bem, 4meses depois o veiculo foi furtado, a segurado pagou um valor bem abaixo q o carro era, e o Itau esta cobrando a diferença, q esta em um valor bem elevado, ate i indo, sendo q eu sou correntista do Itau, pois recebo meu salario nessa conta, o Itau me mandou uma carta dizendo q como eu sou correntista do Itau,eles vão debitar direto da conta, eu to um a pilha de nervo,pois meu salario e p/pagar meu aluguel e a escola do meu filho, gostaria q vc me orientasse como proceder antes q o banco debite a 1ºparcela,a atendente disse q esta agendado p/dia 13 de abril. Obrigada pela atenção!
Carla Greco.

carla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aldineide Rios disse...

Carla, boa tarde, vamos por parte.

1) mande uma carta PROTOCOLADA para o banco informando que não aceita que o débito seja realizado na conta corrente, bem como os valores precisam ser conversado para melhor entendimento, visto que o carro estava segurado.

2) Procure orientação jurídica para o caso, podendo ser o procon ou defensoria pública, pois eu não tenho muitos conhecimentos jurídicos.

Faça isso o mais breve possível, diga na carta que caso o valor seja debitado em sua conta irá denunciar ao BANCO CENTRAL.

carla disse...

1) O que seria exatamente uma carta protocolada?

2) Vc sabe qual e o endereço, para eu mandar essa carta?

Obrigada pela atenção!

Aldineide Rios disse...

A carta pode ser entregue diretamente em sua agência, ao seu gerente, ao gerente geral ou gerente administrativo ou outro que substitua.
Trata-se de uma carta em duas vias onde uma será PROTOCOLADA, ou seja quem recebe confirma o recebimento através de visto e carimbo, que será seu comprovante. Caso se recusem a receber mande pelo correio com AR (AVISO DE RECEBIMENTO) para o endereço de sua agência aos cuidados do gerente geral)

Anônimo disse...

boa taarde?tenho uma conta corrente no itau mas usei todo meu lis mas fiz o parcelamento da divida estou pagando no debito automatico tudo em dias se eu tiver um saldo maior que a divida eles podem descontar todo o valor da divida da minha conta sem eu autorizar.

Anônimo disse...

olá... Meu nome é Bruno e preciso esclarecer algumas dúvidas. Meu salário é debitado em conta corrente no Bradesco. Tem um cartão que possui a função crédito e débito. Acontece que na função crédito deste cartão, há um débito no qual não estou conseguindo pagar. Liguei para o banco e solicitei que ao inves de ser debitado em conta, eles me enviasse por boleto, assim eu poderia pagar entre o total e o minimo a cada mes conforme a minha necessidade. Para minha surpresa eles me disseram que pelo fato do cartão ter essa funçao de credito e debito e por ser o cartao que eu utilizo para sacar meu salario, eu não poderia tirá-lo do debito automatico. Todo mes assim que meu salario cai na conta o banco debita valores absurdos. Eu não consigo fazer nenhum controle, pois sempre eles debitam um valor diferente. Consigo abrir uma outra conta em outro banco só pra receber meu salário e fugir dessa situação constrangedora? Não estou conseguindo me manter pelo fato destes descontos assim que meu pagamento é debitado. Meu nome está no SPC devido a este cartao do Bradesco, isso me impede de ter uma conta salario em outro banco? Tenho um emprestimo nesta mesma conta do Bradesco, isso pode impedir minha transferencia de salario para outro banco? Ou posso solicitar pagar esse emprestimo atraves de boletos mensais? Muito Obrigado

Aldineide Rios disse...

Se você tem parcelamento e está em débito automático o banco só debita o valor da parcela, independente do valor de seu saldo, portanto não tenha receio em colocar dinheiro no banco.

Aldineide Rios disse...

Bruno, ligue para a operadora do cartão e peça a transferência do débito em conta para boleto, se eles informarem que não pode diga que vai solicitar via banco central.
ligue para o banco central, tem o número nas agências bancárias.

Antes ligue para o SAC do banco e formalize a solicitação e seja firme e taxativo que não quer mais e se entrar débito novamente vai procurar o procon ou banco central ( que eles tem mais medo)

Faça carta se for necessário e formalize a solicitação.

quanto a abrir outra conta salário normalmente pode abrir mesmo com restritivo, peça ajuda a sua empresa.

Anônimo disse...

Boa tarde,


eu tenho emprestimo adquirido pela internet no banco santander,minha fatura quando passa do vencimento debita na conta corrente esta no contrato, estou sem condições de quitar tais emprestimose fatura recebo salario no mesmo banco onde tenho conta salario e da conta salario transferem o valor para a minha conta corrente para que eu efetue o saque por que quao entrei na empresa ja tinha conta no mesmo banco.

pedi uma portabilidade,quero saber se este emprestimo e a fatura pode ser descontada da minha conta salario sem minha autorização? se tambem podem descontar e enviar o restante para a minha conta de destino?

Aldineide Rios disse...

Boa Tarde!

Ninguém pode debitar nada sem sua autorização.

Solicite que o salário seja deixado na sua conta salário e saque diretamente dela, não precisa transferir para sua conta movimento.

O Santander, infelizmente, está agindo assim e realizando débitos e transferências para quitar empréstimos sem autorização do cliente. NÃO ACEITE

Percebo que você perdeu o controle de seu orçamento, é importante que você organize seu orçamento faça cortes para poder pagar o empréstimo e o cartão.
veja no BLOG que tem planilha que vão te ajudar.

Anônimo disse...

Bom Dia,

Obrigado pela sua resposta e eu vou sim pagar o que devo dai a cesar o que é de cesar...

so mais uma duvida se houver este desconto como devo proceder?
Entro em contato com o banco central,devo fazer a petição antes que haja o desconto?

Aldineide Rios disse...

Avise formalmente, através de carta ao gerente, que não aceita débito em outra conta que não seja a conta do empréstimo e que não quer que seu salário seja transferido para nenhuma outra conta, deixe onde está para saque direto, diga que se isso acontecer irá fazer uma denuncia no BANCO CENTRAL.

Faça a carta em duas vias e peça para protocolar uma, é seu comprovante que você não concorda com essa prática

Para fazer a reclamação no banco central pode ser via internet ou por telefone, tem os números em toda agência bancária, pelo menos é para ter É LEI.

Anônimo disse...

Boa Tarde,


Voce pode me disponibilizar se voce tiver um modelo desta carta por favor...

Aldineide Rios disse...

não tem um padrão, bata vc fazer uma carta com as informações.

Anônimo disse...

Estou devendo no banco e eles descontaram da minha conta salario,se eu fizer uma denuncia ao banco central eu obtenho o estorno? se sim demora mais de um mes...

Aldineide Rios disse...

Se o débito foi feito sem sua autorização sim eles devolvem. Antes da denuncia procure o gerente e informe que quer o dinheiro de volta se não vai denunciar ao banco central pois você não deu autorização. Eles devem devolver sem você precisar ir ao banco central. É até mais rápido.

jjuniorsilva disse...

Boa tarde!
Eu tinha um emrpstimo consignado pelo Unibanco, fiz acerto com a empresa e começou a ser debitado direto em minha conta, quando foi em dezembro/2010 eu estava sem saldo no dia 1o para fazer o debito do emprestimo, ai ficou sem cobrar o emrpestimo em dezembro, janeiro, fevereiro, março, quando foi em abril ele fizeram, o debito duas vezes dia 6 e dia 7 e minha gerente disse se eu deixasse dinheiro na conta, ele iriam cobrar uma por dia ate por em dia o contrato, eles podem fazer o desconto em minha conta salario sem me avisar. Ficaram 4 meses sem descontar ai depois resolveram descontar tudo de uma só vez. Agora estou com minha conta estourada, pois voltou cheque, alguem pode me ajudar?????

Aldineide Rios disse...

Bem, eles estão certo em debitar e foi com autorização sim afinal você fez um a negociação para debitar em conta.
Quando estava sem saldo não tinha como ser debitado se depois você deixou o saldo poderia ter pedido ao gerente para debitar, não é porque eles não debitaram que sua responsabilidade acabou.

é melhor você conversar com a gerente e negociar uma data para pagar essas parcelas vencidas.