segunda-feira, 16 de março de 2009

EMPRÉSTIMO PARA EMPRESAS, UM BOM NEGÓCIO?

Explore suas razões para sua empresa assumir uma dívida.

Há várias situações em que se justifica assumir uma dívida. Em geral, dívida pode ser uma idéia boa se você precisa melhorar ou proteger seu fluxo de caixa, ou precisa financiar crescimento ou expansão. Nesses casos, o custo do empréstimo pode ser menor do que o custo de financiar essas ações com a renda diária. Algumas razões comuns para buscar um empréstimo incluem:

Capital de giro – quando você está buscando aumentar a força de trabalho ou aumentar o estoque.
Expandir para novos mercados – quando as empresas entram em novos mercados geralmente enfrentam um ciclo mais longo de cobranças ou precisam oferecer condições mais favoráveis aos novos clientes; os fundos provenientes de empréstimos podem ajudar a suportar esse período.
Fazer compras de capital – você pode precisar financiar novos equipamentos para expandir seu mercado ou linha de produtos.
Melhorar o fluxo de caixa – se ainda restam menos de 10 anos de uma dívida de longo prazo, o refinanciamento pode melhorar o fluxo de caixa.
Criar um histórico ou relacionamento de crédito com um financiador – se você não tiver assumido uma dívida anterior, fazer um empréstimo pode ajudar a desenvolver um bom histórico de pagamento e pode lhe ajudar a obter financiamento no futuro.

MAIS INFORMAÇÃO ACESSE O SITE DO KIT EMPRESAS

2 comentários:

Júnior Costela disse...

Estou muito disposto a seguir à risca as dicas contidas no site, li parte dos livros que você indicou, mas, me falta aquela vontade louca de botar em prática o aprendizado. Serei leitor assíduo e praticante entusiasmado!

Parabéns

Aldineide Rios disse...

Muito obrigada Junior pelas palavras carinhosas.

Quanto a vontade ela virá naturalmente quando você tiver realmente um objetivo claro, seja ele para os próximos meses ou seja ele para um futuro distante, foi o que aconteceu no meu caso.

Os idosos que me cercavam (avós, amigos deles, vizinhos e depois meus pais) tinham uma vida só com a renda de 1 SM do INSS dependendo totalmente dos filhos e resolvi lutar para mudar esse destino para mim e seguindo o ditado popular que de "grão em grão a galinha enche o papo" fui juntando dinheiro, estou muito longe do que quero mas também estou consciente que dá certo e que estou no caminho que sonhei.

A medida que você ver o volume de recurso crescendo vai aumentar proporcionalmente sua motivação, pois verá que é possível com um pouquinho só de disposição mudar velhos hábitos.

Não faça nada radical pois tende a desistir rápido.